Em 2022, equilíbrio e conforto ganham escritórios dentro e fora de casa

Espaços reservados para escritórios dentro de casa não são, necessariamente, novidade. Mas, com o crescimento das possibilidades de trabalho remoto, muito em razão da pandemia, eles tornaram-se quase obrigatórios nas casas e apartamentos. A arquiteta curitibana Camila Bruzamolin conta que, se antes, 85% dos seus clientes pediam projetos com home office, hoje esse número é de 100%.

Para ela, é uma tendência que as grandes corporações diminuam seus escritórios, com a possibilidade do trabalho on-line. Nos últimos meses, destaca, não foram poucos os clientes que souberam que já não voltariam mais a trabalhar presencialmente e, se ainda não haviam cogitado a possibilidade de ter um escritório em casa, pediram adaptações ao projeto.

As vantagens, realmente, não são poucas – e estão quase todas ligadas a conforto e praticidade. Desde não pegar trânsito ou perder tempo de deslocamento até ter uma alimentação mais saudável e equilibrada em casa, passando pelo ganho de tempo com a família ou para atividades físicas e de lazer.

Esse conforto, reforça Camila, vai ter que se traduzir no ambiente do home office, que deve ser um local bem delimitado dentro de casa. Se não um quarto ou uma sala separados dos outros ambientes, um móvel funcional que permita essa delimitação, organização dos computadores e outros materiais de trabalho.

“Isso ajuda tanto na rotina e na metodologia das atividades, quanto na hora de desligar delas na hora do almoço, à noite e aos fins de semana”, explica. A experiência é própria de quem também está acostumada, há bastante tempo, com o trabalho em casa.

Quem precisa voltar ao escritório ou vai enfrentar a rotina híbrida, também começa a buscar adaptações que tragam a sensação de conforto ao antigo ambiente, antes apenas com cara de corporativo. Camila conta que atendeu uma juíza com a necessidade de deixar o seu gabinete mais confortável, após o período de trabalho de casa.

Não pode faltar

Muito além de uma mesa para apoiar equipamentos e a papelada, para Camila, os novos ambientes de trabalho devem ter também locais de escape, como poltronas, uma área de estar e um canto para café ou chá.

Uma janela com vista, plantas e objetos que a pessoa goste de ter por perto, como fotos, quadros, gravuras e livros, são outros elementos para trazer conforto e bem-estar. “O que fazemos para nos sentir bem vai impactar na nossa produtividade”, justifica.

 

Nos acabamentos, Camila aposta em bastante madeira natural e cadeiras ergonômicas em couro ou tecido. A sensação de conforto também é garantida pelo uso de papéis de parede com texturas que lembram tecido, e de iluminação indireta.

ARTIGOS RELACIONADOS

Impress Decor apresenta novo conceito do viver na ForMóbile 2022

A Impress Decor, especialista no desenvolvimento e produção de...

Impress Decor em Milão – Highlights do 2º dia – EuroCucina

Hoje a equipe Impress Decor Brasil visitou a EuroCucina,...

Impress Decor em Milão – Highlights do 1º dia – Fuorisalone

A Impress Decor Brasil está com um time exclusivo...