colecao-arredores-impress-decor-brasil

Seja no campo da moda, do design, da arquitetura, nas manifestações artísticas ou na gastronomia, por mais globalizado que o mundo esteja, ao olharmos com atenção ao redor poderemos notar características ímpares, combinações específicas e uma trama de singularidades que formam a identidade de cada povo e lugar. O que, num território que mistura tantos traços, cenários e histórias, como a América Latina, torna-se ainda mais interessante de ser observado.

Tentar desvendar os elementos e talentos que caracterizam as personalidades e representam o que é “típico” da região é um desafio que provoca e inspira. Aliás, foi justamente desta observação e valorização do que está à nossa volta, que surgiu a Arredores: mais recente coleção da Impress Decor para o mercado latino-americano.

Nesse sentido, o artesanato é uma fonte de pesquisa muito valiosa, não só por suas técnicas, grafismos, cores e formas, mas pela variedade de matérias-primas empregadas na produção. Como tecidos, fibras de junco, vime, sisal, algodão, couros e palhas em geral. Trazendo, assim, uma vasta riqueza em texturas e tramas, que misturadas a materiais mais brutos, modernos ou nobres podem resultar em combinações únicas.

Bilros_Arredores_ImpressDecorBrasil
Padrão Bilros – Seus entrelaces e cruzamentos de fios são muito característicos do trabalho manual brasileiro. Bilros possui uma estrutura que carrega a história de cada artesão que usa suas mãos para transformar fios em verdadeiras obras de arte. Brando e suave, mas cheio de personalidade, é versátil e vai bem com qualquer que seja a combinação feita ou o ambiente aplicado

Essa beleza típica da região também pode ser encontrada no inesperado, no imperfeito e na essencialidade de materiais e formas que, embora simples e banais, podem ser reinterpretados e vividos em termos estéticos e artísticos, aguçando nossas memórias afetivas.

Belidor_Arredores_ImpressDecorBrasil
Padrão Belidor – Reflexo de pinturas manuais, paredes de barro ou terra batida; manchas de cor exploradas em uma perspectiva rudimentar e inusitada. Este é o Belidor, um padrão texturizado notável e de personalidade

Nessa busca pelo extraordinário a partir do que se tinha como algo trivial, portanto, poucos materiais traduzem tão bem a afetividade e a riqueza da região do que a madeira. Símbolo de resistência e leveza, calor e frescor. Características que também definem muito bem o povo latino-americano.

Aimore_Arredores_ImpressDecorBrasil
Padrão Aimoré – A Aimoré recebeu o mesmo nome do povo (Aymoré) que habitava os territórios onde a Sucupira era vastamente encontrada. Seu desenho é complexo, repleto de anéis e catedrais inteiros, com réguas longas e um colorplay diferenciado. Pontos que tornam dele um padrão imponente, acentuado e memorável

Do simbolismo das florestas e dos povos nativos à leitura moderna e elegante de movimentos como o modernista, aliás, a madeira tropical tornou-se ícone de design e alto padrão no Brasil. Emoldurando os mais diversos momentos e ajudando a contar a história de nosso País.

Jacaranda_Arredores_ImpressDecorBrasil
Padrão Jacarandá – Uma das mais valorizadas madeiras brasileiras, o Jacarandá tornou-se tão raro, que foi comercializado a preço de ouro no século XX. Sendo muito procurado para a construção de móveis de luxo e peças decorativas. Nossa interpretação resultou em um desenho expressivo, sofisticado e exótico, com nós, veios e catedrais bem marcados

Essa oportunidade de interagir com diferentes estilos de vida e linguagens; revisitar importantes momentos da história e da arte; bem como explorar costumes e lugares da América Latina, possibilitou a Impress a criar uma coleção totalmente plural em sua forma e conteúdo, mas de uma singularidade única em termos de valor e representatividade.

Afinal, se a globalização trouxe uma tendência de homogeneização das culturas em uma certa escala, é inegável também o movimento de valorização cada vez maior de nossa identidade e dos elementos que a compõem. E é isso o que a coleção Arredores veio celebrar: a reafirmação de quem somos e de onde viemos por meio dos espaços em que habitamos.