Prêmio Pritzker 2023: Conheça o vencedor do prêmio mais prestigiado da arquitetura contemporânea

O Prêmio Pritzker é a mais alta honraria da arquitetura e reconhece arquitetos que contribuíram de forma significativa para o campo, por meio de seu talento, visão e compromisso com a excelência.  Desde a sua criação a premiação já homenageou alguns dos arquitetos mais renomados do mundo, como Zaha Hadid, Frank Gehry, I.M. Pei, entre outros.

Em março deste ano, a fundação anunciou o arquiteto britânico David Chipperfiel, como ganhador do Pritzker 2023. Conhecido por seu estilo minimalista e refinado, Chipperfield é um dos arquitetos mais influentes da atualidade. Sua obra demonstra sua reverência pela história e cultura, enquanto honra ambientes construídos e naturais preexistentes, reinterpretando funcionalidade e acessibilidade de novos edifícios, renovações e restaurações através de design atemporal, que enfrenta urgências climáticas, transforma as relações sociais e revigora as cidades.

Turner Contemporary, photo courtesy of Simon Menges

Entre seus projetos mais notáveis está a restauração do Neues Museum em Berlim, uma das instituições culturais mais importantes da Alemanha. O edifício foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial e ficou em ruínas por décadas. A restauração, realizada por Chipperfield, foi considerada um marco na história da arquitetura, por sua abordagem sensível e respeitosa da história construção. Outra obra notável de Chipperfield é a restauração da Royal Academy of Arts em Londres. O edifício, construído em 1860, passou por uma grande reforma em 2018, que incluiu a criação de novos espaços para exposições e a melhoria da acessibilidade. A abordagem de Chipperfield neste projeto foi de preservar a história e a identidade da edificação, enquanto o modernizava para atender às necessidades da sociedade contemporânea.

Além disso, Chipperfield também assina o projeto do River and Rowing Museum em Henley-on-Thames, um museu dedicado à história da navegação fluvial e do remo. O edifício, que possui uma forma elegante e curvilínea, é considerado um exemplo de como a arquitetura pode ser usada para criar um diálogo entre uma construção e o ambiente ao seu redor.

David Chipperfield é conhecido por sua habilidade em projetar museus e galerias de arte. Ele projetou, por exemplo, a extensão do Saint Louis Art Museum, nos Estados Unidos, e o Museu Jumex, na Cidade do México. Em ambos os projetos, Chipperfield buscou criar espaços que fossem funcionais e elegantes, mas que também valorizassem as obras de arte em exibição. A restauração do Palazzo Branciforte em Palermo, na Itália, também é obra de Chipperfield. A construção histórica, que havia sido abandonado por décadas, foi restaurada e transformada em um espaço cultural e educacional, que abriga um museu de arte contemporânea e uma biblioteca.

Inagawa Cemetery Chapel and Visitor Center, photo courtesy of Keiko Sasaoka

Ao receber o Prêmio Pritzker, David Chipperfield afirmou que a arquitetura deve ser “um ato de generosidade para com as pessoas e para com o lugar”. Ele também destacou a importância de se criar espaços que se conectem com o ambiente e com a história do lugar, e que sejam acessíveis a todas as pessoas. “”Tomo este prêmio como incentivo para continuar a dirigir minha atenção não só para a substância da arquitetura e seu significado, mas também para a contribuição que podemos dar como arquitetos, a fim de enfrentar os desafios existenciais das alterações climáticas e da desigualdade social. Sabemos que, como profissionais, podemos ter um papel mais proeminente e empenhado na criação não só de um mundo mais belo, mas também de um mundo mais justo e sustentável. Temos de estar à altura deste desafio e ajudar a inspirar a próxima geração a abraçar tal responsabilidade com visão e coragem”, complementou o premiado.

Morland Mixité Capitale, photo courtesy of Simon Menges

A premiação também ajuda a promover a discussão sobre a arquitetura e sua relação com a sociedade e o meio ambiente. Ao premiar arquitetos que se destacam por sua abordagem sensível e responsável da arquitetura, o prêmio ajuda a chamar a atenção para a importância da arquitetura na construção de um mundo melhor.

Museo Jumex, photo courtesy of Simon Menges

ARTIGOS RELACIONADOS

Riken Yamamoto, o arquiteto das conexões humanas, vence o Pritzker 2024

A prestigiada honraria da arquitetura mundial, o Prêmio Pritzker,...

Salão do Móvel 2024: novos pensamentos para o futuro do morar

Milão, a cidade que se posiciona como o epicentro...

Semana de Design de Milão: saiba quais são as escolhas da Impress

A cidade de Milão, conhecida mundialmente como a meca...

Expo Revestir 2024: confira os highlights da feira

A Impress visitou a Expo Revestir, que ocorreu de...